sábado, 20 de novembro de 2010

C. Chaplin

3 comentários:

  1. Você vem evoluindo num ritmo impressionante. Uma abstração sem limites, invejo-o por isso, você é o poeta que nunca serei. Orgulho-me de ser próximo de ti para ver toda essa criatividade tomando forma.

    ResponderExcluir
  2. Valeu, cara :D

    Mas, é só uma poesia diferente da sua. (Que já cansei de pedir pra você divulgar). rerere :B

    ResponderExcluir
  3. Comediante do Watchman ?

    ResponderExcluir